IGADI PALESTINA A traxedia permanente Presentacion 1x1 b

Galiza-Palestina, uma irmandade incessante: Bichara Khader, professor emérito da Universidade Católica de Lovaine e especialista em questões euro-árabe, visita Santiago de Compostela no dia 25 de junho

As atividades enquadram-se na geminação do ano 2002 entre Santiago de Compostela e Belém (Palestina-Cisjordânia) e no lançamento da publicação “Palestina: A Tragédia Permanente (1948-2024). Um apelo a acordar a Europa” que o Instituto Galego de Análise e Documentação Internacional (IGADI) publicou em galego no dia 17 de maio, o Día das Letras 2024 dedicado a Luisa Villalta.a.

Na próxima terça-feira, 25 de junho, Bichara Khader, professor emérito da Universidade de Louvain (Bélgica) e um dos grandes especialistas nas relações da Europa e da União Europeia com a questão palestiniana visitará a capital da Galiza. A sua visita ocorre vinte e dois anos depois de ter sido o principal promotor da geminação entre Santiago e Belém em 2002, no contexto da actual invasão israelita de Gaza e do recente reconhecimento da Palestina como Estado por Espanha e outros Estados europeus.

Nas atividades, organizadas pela IGADI e nas quais colaboram a Fundación Araguaney-Puente de Culturas e a Universidade de Santiago de Compostela, será apresentado o seu último ensaio “Palestina: A Tragédia Permanente (1948-2024)”. Um apelo para acordar a Europa”. A publicação analisa a história do conflito entre Israel e a Palestina, centrando-se diretamente na natureza e na evolução das relações europeias com a questão palestiniana. A obra, publicada originalmente em inglês, está sendo traduzida para diversas línguas europeias, como espanhol, francês ou italiano.

Bichara Khader realizará encontro com jornalistas no prédio do CEIDUS da USC (Parque de Vista Alegre. Rúa das Salvadas, s/n) no dia 25, às 10h30, e posteriormente fará visita institucional à Prefeitura de Santiago, às 13h30. PM. .

À tarde, às 18h00, apresentará “Palestina: A Tragédia Permanente (1948-2024). Um apelo para acordar a Europa” no Paraninfo da Faculdade de História e Geografia, apresentado por Marola Padín (Vice-Diretora da IGADI e Vice-Diretor do Observatório de Política da China) Rubén Lois (Professor na USC, Diretor do Instituto de Economia e Desenvolvimento da Galiza e Vice-Presidente da União Internacional de Geografia) e Daniel González Palau (Diretor da IGADI).

Bichara Khader, (Zababdeh, Palestina, 13 de fevereiro de 1944) é especialista no mundo árabe contemporâneo e nas questões euro-árabes e euro-mediterrâneas. Ele é de origem palestina e possui nacionalidade belga. É professor emérito da Universidade Católica de Leuven e fundador do Centro de Estudos e Pesquisas sobre o Mundo Árabe daquela universidade. Foi membro do Grupo de Peritos Seniores em Política Externa e Segurança Comum da Comissão Europeia e do Grupo de Académicos para o Diálogo das Culturas no Mediterrâneo da Presidência Europeia. Khader insiste na urgência de compreender o mundo árabe e muçulmano de outras formas que não em termos de ameaça ou invasão.

É investigador associado da IGADI e membro do Conselho Científico em Tempo Exterior. Entre as últimas colaborações com a IGADI, destacamos a participação na edição 44 da Tempo Exterior (Janeiro-Junho de 2022) com o artigo “Questões geopolíticas após a retirada dos Estados Unidos do Afeganistão” bem como no Relatório Anual da IGADI 2021-2022 “A Europa e a questão da Palestina (1948 – 2022): Diplomacia declarativa mas desdentada”.