S.T Guerra

Distribuir

Distribuir contido
Vinculación

S.T Guerra, Wesley

Nome: 
Wesley
Foto: 

Coordenador de pesquisa da Universidade Federal Fluminense do Rio de Janeiro e Doutorando em Relações Internacionais, Mestre em Políticas Sociais e Intervenção Comunitária (Universidad de Coruña), Especialista em Migrações (UDC), Especialista em Ciências Políticas e Relações Internacionais (FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo), MBA em Global Management (Massachussetts Business Institute), MBA em Parcerías Globais (ILADEC - Instituto Latinoamericano para o Desenvolvimento da Economia e Ciência), Bacharel em Administração de Empresas (UCB - Universidade Católica de Brasília). Especialista em Gestão de Projetos para o Desenvolvimento pelo BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento. Membro do Smartcities Council, ECPR European Consortium for political research, Aliança Eurolatina de Cooperação entre Cidades e IAPSS International Association for Political Sciences Students ,  Atualmente é pesquisador e presidente do CERES.


7 artigos publicados
01/08/2020
“A democracia é o pior dos regimes políticos, mas não há nenhum sistema melhor do que ela.” Winston Churchill
07/07/2020
O presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, ganhou repercussão internacional ao longo de sua campanha presidencial e posterior começo de mandato, devido ao seu discurso de extrema direita, com uma perigosa aura neofascista e autoritária. Além de seu crescente negacionismo em face aos temas de relevância internacional e de direitos humanos.
29/06/2020
No Brasil é comum identificar as diferentes comunidades de imigrantes e seus descendentes, assim como as contribuições destas no processo de formação identitária, econômica e política do país e seu posterior relacionamento com os países emissários.
10/06/2020
La dictadura militar en Brasil abarca un periodo que fue desde 1964 hasta 1985, a pesar de tratarse de un evento reciente, existe un gran desconocimiento de la población en relación a los efectos de la misma y sus impactos en la sociedad, política y economía, una vez que no hubo un corte epistemológico tras la restauración de la democracia, sino una simbiosis de la nueva estructura democrática con viejos conceptos del régimen militar, siendo incluso calificada por algunos historiadores como una dictablanda, una vez que no hubo una centralización en la figura de un líder único, como ocurrió en el caso de Chile con Pinochet,  sino que hubo una sucesión de militares en la presidencia, generando una falsa sensación de alternancia de poder, sin de hecho producirse una ruptura social derivada de la caída del régimen.  
22/05/2020
Há uma década atrás, em 2010, o Brasil registrava um crescimento de 7,5%, sendo usado por diversas nações como exemplo de superação da pobreza, fome e desigualdade social. Mais de 40 milhões de pessoas entravam em uma nova classe média e no mercado de consumo, fazendo com que o país superasse a economia do Reino Unido, se transformando na 6ª maior do planeta. Mesmo com o avanço da Crise Financeira Internacional, o Brasil continuava registrando crescimento, geração de empregos e oportunidades de investimento, sendo talvez um dos principais marcos que pautaram essa evolução a saída do mapa da fome da ONU em 2012 e a transformação de devedor a credor do Fundo Monetário Internacional (FMI).
17/04/2020
Após quase um ano e meio desde que se elegeu presidente do Brasil, a gestão de Jair Messias Bolsonaro está marcada por polêmicas, planos políticos e econômicos ineficazes, mudanças contínuas de gestores, perda de aliados, incremento da divisão, desigualdade social e atualmente pelo negacionismo crescente do líder de uma das dez maiores economias do planeta e país mais afetado pela pandemia causada pelo Convid19 na América Latina.
04/10/2019
Ourense é uma pequena capital de pouco mais de 105 mil habitantes de uma província homônima localizada na Comunidade Autônoma de Galiza (mais conhecida pelo topônimo em espanhol “Galicia”) ao norte da Espanha.
Tempo exterior: Revista de análise e estudos internacionais