África : Apartado xeográfico

Artigos de opinião e análise relacionados com a África

milton2

“Eventos como a pandemia da Covid-19 demonstram quão urgente é a transição para modelos económicos, sociais e ambientais sustentáveis e que respondam às necessidades humanas”

Milton Jorge Monteiro dos Santos, de nacionalidade cabo verdiana, é natural de São Francisco, Cidade da Praia. É licenciado em Geografia e ordenamento do território pela Universidade de Cabo Verde. Atualmente residente em Santiago de Compostela e estudante do Mestrado de Planeamento e Gestão territorial pela Universidade de Santiago de Compostela. No 2023 apresentou o trabalho “Atitude dos residentes face ao desenvolvimento do turismo rural em Ribeira de Principal, Calheta São Miguel e em Padrón, Galiza-Espanha: Uma análise comparativa”.

Gabón, 30 de agosto do 2023

Gabón, un nuevo golpe de estado en África

Gabón es un país del litoral atlántico africano, con una población 2.389.000 de habitantes, que fue colonia de Francia hasta 1960, año en que obtuvo su independencia como tantos de los actuales países africanos. Sin embargo, esa independencia no ha sido nunca plena, dado que tanto Francia como el Reino Unido ―a través de su Commonwealth― siguieron tutelando a los nuevos países.

Mapa de Uganda. Fonte: https://www.hrw.org/reports//2003/uganda0803/1.htm

Matar no nome de Deus: O caso de Alice Auma, Lakwena

En non poucas ocasións, tras unha morte violenta ou un atentado terrorista, sustentado ou máis ben escusado, nunha terxiversada interpretación dun sentimento relixioso, pode pasar que figuras públicas non perdan a ocasión de vincular de maneira errónea, a violencia cun determinado sentimento relixioso. Para comprobar que o fanatismo non é propiedade exclusiva de ningunha fe, chegaría con «viaxar» á Uganda de finais do século pasado.

Batuku

A língua materna na comunicação transcultural em Cabo Verde

Liñas de investigación Observatório Galego da Lusofonia
Apartados xeográficos África

Cabo Verde, todas estas dez maravilhosas ilhas do atlântico médio, esta nação inteira, tem “Alma Grandi”, derivado duma autenticidade cultural universal. Sim a nossa cultura é a grande força motriz da resiliência cabo-verdiana, e impôs-se naturalmente protegendo-nos no existencialismo da nossa sobrevivência contra fome, crises sanitárias diversas, tais como Covid -19, Dengue, Paludismo e sobretudo, o Colonialismo e mais “pragas”…

Bandeira de Cabo Verde desde 1992

A Pandemia e a Guerra na Ucrânia, efeitos sobre a Política Económica em Cabo Verde

A pandemia e a nova guerra na Europa, em conjunto, estão a configurar-se como um acelerador da história. Com o estreitamento das diferenças entre o curto, o médio e o longo prazos. E entre o simultâneo e o sucessivo. Este novo acelerador implica, necessariamente, o aumento dos riscos e os desafios para Cabo Verde, mas, …

A Pandemia e a Guerra na Ucrânia, efeitos sobre a Política Económica em Cabo Verde Read More »

Cabo Verde fai parte da AOSIS, Alliance of Small Island States

600 Bilhões de Dólares para investir em Infraestrutura na África Subsaariana e Países em Desenvolvimento

Nosso pequeno país arquipelágico, do atlantico médio como, as demais pequenas ilhas insulares membros da “Aliança de Pequenos Países Insulares, (Aliance of Small Islands States, “AOSIS”)”, que incorpora, mais de 40 países, dispersos nas regiões da África, Caraías, Pacifico e Índico… Sofreram (e sofrem) na pele as consequências da pandemia “Covid -19”: os males vindos das actividades nocivas, sobre o ambiente e o oceano, causados e praticados principalmente, pelos primeiros e grandes poluidores do planeta, os países superindustrializados, encabeçados pela China, USA, Índia e União Europeia. Não foi fatalidade alguma a nossa recente vivência, aqui em Cabo Verde de três anos, consequitivos de “Seca Agravada”… Resultados de estudos cientificos esclarecem as causas e efeitos sobre o meio ambiente!!

Cabo Verde fai parte da AOSIS, Alliance of Small Island States

Cabo Verde: Exigência de Justiça Climática contra o Desastre Ambiental

Liñas de investigación Observatório Galego da Lusofonia
Apartados xeográficos África

Todos, os ilhéus, como é o nosso caso, somos e seremos, as primeiras vítimas dos problemas das alterações climáticas, provocadas essencialmente, por terceiros e seremos, todos, influenciados pelas perturbações e mudanças que terão impactos negativos, nos nossos projetos de “desenvolvimento socioeconómico”. O que fazer para sobreviver e com que recursos?

Características dos jornais cabo-verdianos, os orgãos de formação e informação e a nova normalidade

Liñas de investigación Observatório Galego da Lusofonia
Apartados xeográficos África

Garante da democracia, ou o quarto poder, os “JORNAIS” e sítios de informações digitais são importantíssimos para Cabo Verde, nação arquipelágica de 4032 km2, jovem e moderna, que precisa de “soluções”, ao seu processo de desenvolvimento. Tendo a consciência que a confrontação de opiniões é útil e indispensável e actua para amplificar visões, vencer ou …

Características dos jornais cabo-verdianos, os orgãos de formação e informação e a nova normalidade Read More »